Situação Atual
O mundo viveu sempre sob a proteção dos heróis, que passavam ao povo segurança, respeito e, sobretudo, esperança de um futuro melhor. Mas, após o Atentado de 2 de Fevereiro, tudo mudou...
Regras
Ao cadastrar-se no fórum, evite usar nomes como "JoãoJosé", "maria123", "jojjosé" ou "m@riàh'.
O tamanho padrão de nossos avatares é 200x350, e o uso de uma imagem que descreva visualmente seu personagem é imprescindível.
Últimos assuntos
» 2º Passo: Trabalhando com Valores
por Tigre Seg Jul 30, 2018 2:32 am

» 1º Passo: O personagem
por Tigre Sex Jul 27, 2018 9:35 pm

» Zona de Testes
por Tigre Sex Jul 27, 2018 3:44 pm

» [Cenário] A História do Mundo
por Tigre Qua Jun 27, 2018 2:11 pm

» Classificados
por Tigre Dom Jun 03, 2018 10:15 pm

Novidades
00.00
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut.

00.00
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut.

00.00
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut.
Discord
Parceiros
Administração

1º Passo: O personagem

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1º Passo: O personagem

Mensagem por Tigre em Sex Jul 27, 2018 9:35 pm

O PERSONAGEM


Em nossas vidas, convivemos com várias histórias, contadas de diversas maneiras e de diversas formas. Em comum dentre todas, a presença de personagens, aqueles seres que vivem o mundo criado na mente de um autor. Nós, meros espectadores, podemos apenas acompanhar tais narrativas, torcendo para os personagens se darem bem – ou não – e, no fim de tudo, aplaudimos quando as cortinas se fecham, quando os créditos sobem à tela, ou até mesmo quando fechamos o livro e o guardamos na prateleira.

Personagens bons, maus, cômicos, trágicos. Tudo isso permeia as histórias que adoramos ler, assistir ou jogar. E, quando falamos jogar, podemos relembrar aquele personagem bonachão, que salva o mundo apenas quando você aperta alguns botões. Deixamos de ser espectadores, para termos poder de interferir na vida do protagonista, ainda que seu destino esteja traçado. Linhas de código que nos dão certa autonomia nas vidas daquele ser.

Num RPG, você deixa de lado os códigos, deixa de lado a cadeira de espectador, e veste o corpo e a alma daquele personagem, e é você quem dá a liberdade ao personagem. Ninguém determinou o que acontecerá. Você é o único capaz de definir o rumo que aquele personagem tomará. Mas, claro, você precisa do fundamental: construir o personagem. E é aqui que a magia começa.


► Criando o Personagem

Sabe as telas de "Select your fighter", de jogos de luta? Esqueça isso. Aqui, você não vai escolher um personagem já pronto, você irá criar seu próprio. Esse é o básico que você precisa ter para jogar. E este guia tentará ajudar-lhe com isto.

O processo de criação de um personagem envolve muito o cenário em que se vive, e você pode conferi-lo NESTE LINK. Mas, em resumo: você é alguém que vive num mundo que convive com a existência de seres poderosos. Não, não falo de poder político (apenas), mas também falo de poderes especiais. E... é isto! Basta você saber apenas disso, e seguir adiante!

Existem dois tipos de personagens: os originais e os existentes. No segundo caso, pedimos, claro, que não faça uma cópia exata. Mas, se quiser fazer um personagem muito semelhante, por que não? Vai fundo! Você conhece um personagem que gosta? Faça-o aqui! Só evite, claro, fazê-lo uma cópia exata. Como estamos num universo original, fica meio estranho trombarmos no Tony Stark ou no Clark Kent, né?

Agora, se você quer um personagem original, vá em frente! Deixe sua mente criar algo novo! É disso que se trata o RPG: criatividade. O que você quer ser? Um empresário rico que busca esconder os poderes transmórficos? Faça! Um clérigo que descobre ter um poder que o faz ser semelhante ao próprio demônio? Crie! Um super-herói famoso mas que tem transtorno de identidade? Vai fundo! Um pirata caolho que foi congelado por dez mil anos e busca voltar à lua? Ok, isso pode não ser bom, mas as regras existem para controlar isso, não?


► Criando a Ficha de Personagem

A gente adoraria ter um jogo em que todos os personagens são fortes, e que salvam o mundo sempre, mas sabemos que os personagens, no começo, devem ter limitações. Para isso, temos a Ficha de Personagem, que denota tudo o que o personagem é capaz de fazer ou não.

A criação da ficha é um processo um pouco mais técnico, mas também há uma certa liberdade. Obviamente, você não pode fazer um personagem Mary Sue. Para evitar problemas, nós disponibilizamos o total de 20 pontos de habilidade (PH), que poderão ser usados para a definição inicial das Características do personagem (Atributos, Poderes, Perícias).

Nesse primeiro passo, você vai ver o básico de cada coisa. Em outros tópicos, haverão informações mais detalhadas e, claro, listas!


► Atributos

Os atributos são as características físicas e mentais mais básicas do personagem. São formas de medição numéricas que denotam o quão poderosos são os personagens neste quesito.

Na ficha, você verá os seguintes atributos, com suas abreviações entre parenteses: Força (F), Resistência (R), Agilidade (A), Inteligência (I), Percepção (P) e Destreza (D). Todos estes atributos possuem valor-base de 1 ponto, e este ponto não é cobrado dos iniciais.

Na hora de efetuar seus investimentos, saiba que 1 PH = 1 ponto em atributo. Ou seja, quanto mais você investir, melhor será o atributo. Isso será um diferencial na hora de realizar testes pois, assim como as perícias, cada ponto permite a você ter um dado de ação. Por exemplo: você está numa investigação, e decide fazer um teste para procurar pistas. Na sua ficha, você tem Percepção 2 + Investigação 2. Isso permitirá a você rolar quatro dados de ação. Agora, se vai ter sucesso ou não, deixe com os dados.

Lembre-se: seu atributo só pode iniciar com, no máximo, 3 pontos. Após a criação da ficha, não há limite.


► Vida

Como forma de tornar os riscos de morte mais reais, todo personagem tem uma barra de Pontos de Vida (PVs). Ter uma boa quantidade de PVs indica que você é mais difícil de ser morto.

Os Pontos de Vida estão ligados à Resistência do personagem, numa proporção 1 para 5. Ou seja, se você tiver 1 ponto em Resistência, terá 5 PV, e assim sucessivamente.

Outras coisas podem alterar seus PVs, mas você não pode comprar PVs diretamente.


► Perícias

As perícias são conhecimentos extras para o personagem, que complementam as habilidades de um personagem. Elas trabalham junto com os atributos nos testes no decorrer do jogo.

Existem as seguintes categorias de perícias: Movimentação, Combate, Armas, Conhecimentos e Sociais. Dentro dessas categorias, há os enfoques que você pode ter. Cada ponto em uma perícia custa 1 PH, e a quantidade de pontos na perícia indica os bônus de dados numa ação.

A lista de perícias você verá nos próximos tópicos.


► Desvantagens

Como forma de apimentar um pouco mais as coisas, disponibilizamos uma lista de desvantagens, que adicionam um pouco mais de dificuldade nas ações dos personagens.

As desvantagens, diferente do restante, podem fornecer PHs extras para você utilizar na construção de seu personagem. Cada desvantagem que você pegar te dará um valor determinado de PHs, que poderão ser usados nos poderes, atributos e/ou perícias.


► Poderes

A parte principal do jogo: os poderes! Quando colocamos os poderes, estamos falando de habilidades únicas, fantásticas, sobrenaturais, que fazem parte do personagem como ele é.

Os poderes também são comprados com os PH, e eles custam de 1 a 5 pontos, não havendo limite para os poderes que você pode adquirir. Claro, exceto o limite dos próprios PHs que você tem. Por isso, cuidado para não gastar tudo nos atributos e nas perícias e depois ficar sem poder comprar poderes... exceto se você não for um desperto, aí não há muito com o que se preocupar.


► Reputação

A sua reputação define o que você é. Na prática, suas ações determinam como você é visto por toda a sociedade. Boas ações te renderão pontos positivos de reputação, que te farão ser considerado um herói ou heroína. Já pontos negativos podem levar-lhe a ser considerado como um criminoso(a), ou até mesmo como parte do clubinho do mau.

Ser um herói ou um vilão, um matador ou um protetor, muito disso afeta sua reputação. No começo da ficha, você terá entre +10 e -10 pontos de reputação, o que te qualifica como uma pessoa extremamente comum. A reputação será vista mediante a história do personagem (se ele tiver).


► Finalização

Após tudo isso ter sido definido, você pode optar por dois caminhos: criar ou não uma história. Como forma de incentivo, a história do personagem lhe renderá pontos extras de XP, de acordo com a nota dada pelo avaliador de sua ficha.

Se caso não quiser, você poderá enviar a ficha sem uma história. Entretanto, não receberá quaisquer bônus em XP, e terá que desenvolver o personagem no meio ON. Mas... por que não fazer? Não faça pelo bônus, nem por uma obrigação. Faça por que a criação de uma história de personagem é uma das partes mais gostosas de se jogar RPG. E, veja, ainda rende um bônus em XP!

Sabendo disso tudo, vá para os próximos passos para ter maiores detalhes do sistema e verificar as listas necessárias.


<<
1º Passo: O personagem
2º Passo: Atributos >>
Tigre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Entre em contato com o usuário
Ver perfil do usuário http://rpgdespertos.forumeiros.com

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum